Quantas vezes você já viu alguém postando uma reclamação ou critica para uma empresa em alguma rede social e sendo prontamente respondida e tendo seu problema resolvido? Provavelmente várias vezes.

Isso acontece porque as empresas tem se preocupado com a sua imagem nas redes sociais. Elas sabem que uma simples reclamação feita no ambiente digital pode ser espalhada e vista por milhares de pessoas, afetando sua reputação e consequentemente seus negócios. O consumidor, sabendo desse poder, está cada vez mais utilizando esses canais para tentar resolver os seus problemas com as empresas, transformando-os em um verdadeiro balcão de reclamações. Preocupadas com isso, muitas empresas fazem altos investimentos em equipes grandes e ferramentas dedicadas a atender esses clientes insatisfeitos.

O que me intriga é que as marcas são extremamente mais focadas em o que podem perder do que tem a ganhar. É claro que mensagens de insatisfação com a empresa podem afastar potenciais clientes. Mas o contrário também é verdade. Depoimentos positivos de consumidores sobre a empresa podem trazer muitos novos clientes e ajudam a combater as reclamações, mas não é tão comum ver empresas investindo e criando estratégias de relacionamento com esses consumidores que os motivem a compartilhar suas experiências positivas sobre seus produtos ou serviços.

Ouvir os clientes insatisfeitos e resolver os seus problemas é essencial para a construção de uma marca no ambiente digital, mas o que também precisa ser valorizado são os seus clientes altamente satisfeitos, que estão dispostos a ajudar sua marca, recomendando-a aos seus pares e compartilhando suas experiências positivas. Acredito que havendo um equilíbrio entre atender os clientes insatisfeitos e motivar os clientes satisfeitos, os resultados de negócios só tendem a melhorar para as empresas.

banner clique
The following two tabs change content below.
Empreendedor, Pioneiro em Marketing de Defensores (Advocate Marketing) no Brasil. Consultor de Marketing Digital. Professor em curso de MBA, Vice-Presidente da ABRABOCA - Associação Brasileira de Marketing Boca a Boca, Colunista do Portal Ideia de Marketing.