Você já teve a sensação de que grande parte dos seus clientes começaram a te ignorar?

Como você se sentiu? Desespero? Medo?

Na verdade fiquei pensando se seria bom ou ruim falar que outros profissionais e empresas passam pelo mesmo, mas independente disso, a parte boa é que existem estratégias para te ajudar a resolver esse tipo de questão.

Este sentimento de abandono que me refiro, geralmente ocorre quando uma marca só faz auto promoção dos seus produtos e/ou serviços, e não se preocupam com o que as pessoas realmente querem.

A propósito: Você sabe o que realmente os seus clientes estão procurando?

De 3 anos para cá, o marketing de conteúdo tem assumido um papel de destaque no Brasil, e isso quer dizer que ainda que seja um tema novo, ele pode (e deve) ser melhor explorado, ainda mais se de alguma maneira você se identificou com a primeira pergunta que eu fiz nesse artigo.

O marketing de conteúdo é uma técnica que consiste em analisar e tentar compreender o que o nosso público-alvo quer ou precisa, e, em seguida,  oferecer isso de uma forma relevante e, acima de tudo, mais atraente.

Gosto muito da definição do Joe Pulizzi: “Marketing de conteúdo é a arte de compreender o que seus clientes precisam saber, para você oferecer a eles de uma forma relevante e atraente”.

De um modo geral, o marketing de conteúdo é essencialmente baseado na premissa de que a melhor maneira de construir uma relação forte, duradoura e de confiança com os clientes (atuais e potenciais) é usar um conteúdo focado nas necessidades e gostos do nosso público-alvo, ou, como um meio menos invasivo de comunicação. Basta lembrar-se da quantidade de spam que a sua caixa de entrada recebe diariamente para sentir calafrios e pensar: as empresas tentam me vender, mas nem sabem do que eu gosto e o que eu preciso.

O uso de posts em blogs e redes sociais, ebooks, vídeos, artigos e infográficos para atrair a atenção de consumidores em potencial começou a fazer parte da agenda de diferentes segmentos empresariais.

Só depois de atrair e envolver o público, é possível (e aconselhável) estimular a ação do mesmo, isto é, levá-lo a comprar algum produto ou serviço.

Porém, por mais que demore um pouco até que você efetivamente tenha retorno com essas táticas, os resultados vêm como uma bola de neve.

Depois de adquirir a confiança de seus futuros clientes, você aumenta o tráfego do seu site e garante uma audiência fiel que se expande, muitas vezes, de forma orgânica.

Confira 4 estatísticas (e uma de bônus!) Que vão te deixar curioso sobre o marketing de conteúdo:

1. Clientes que recebem ofertas por e-mail marketing gastam em média 83% mais nas compras online.

2.  O consumidor final gasta mais de 50% do seu tempo online consumindo conteúdo.

3.  70% dos consumidores afirmam que marketing de conteúdo cria uma aproximação com a empresa.

4.  Empresas que utilizam inbound marketing têm uma economia média de R$36 por novo cliente.

Para que você ou sua empresa iniciem campanhas voltadas a esse tipo de estratégia, é necessário empenho e estudo constantes. E o mais importante: prática. Pesquise, planeje, mas faça com que suas ideias saiam do papel.

Se você quiser saber ainda mais sobre marketing de conteúdo, baixe o e-Book 65 Estatísticas sobre marketing de conteúdo para você conquistar seus leitores.

» Clique aqui para baixar o eBook «

Os resultados são surpreendentes e vão fazer com que você queira aprender cada vez mais. Além da relação de confiança que se estabelece com o público, que te motivará a fazer tudo isso com muito mais ânimo.

Lembre-se: O Marketing de conteúdo precisa ser útil. Portanto, ensine e ajude as pessoas para que elas te acompanhe e assim você não terá aquela sensação de abandono.

E caso esse artigo tenha sido útil para você, aproveite para compartilhá-lo com um amigo ou amiga que precise de dicas como essas para melhorar seu planejamento de marketing e assim conquistar seus leitores.

PRI 1Esse artigo foi escrito pela nossa convidada especial Priscila Stuani. Priscila é formada em Marketing pela Universidade Anhembi Morumbi. Com mais de 7 anos de experiência em marketing no mercado de serviços B2B, teve interação com várias áreas de negócios, como RH, administração, relacionamento com o cliente (CRM), partners e novos negócios. Atualmente, empreendedora digital na Happy Melly Brazil, presidente do projeto Implantando Marketing e amante do Marketing de conteúdo.

banner clique