O Marketing para a corrida de rua e a corrida de rua para o Marketing

O Marketing para a corrida de rua e a corrida de rua para o Marketing

Em 1970 a corrida já era um esporte popular nos EUA, no Brasil se popularizou nas últimas décadas e segue uma crescente desde então. Apesar do praticante precisar apenas de um tênis e roupa apropriada, o esporte move muito mais do que isso.

A facilidade da corrida e a busca pela qualidade de vida só fazem aumentar o número de praticantes e grupos de corrida. Atraídos pela sensação de liberdade, superação, persistência, conquista, aliados aos benefícios saudáveis, anti estresse e ao prazer de desfrutar o esporte ao ar livre, os corredores tomaram as ruas.

Atentos à crescente demanda, as indústrias esportivas investem em tecnologias e design no aperfeiçoamento dos seus produtos e exploram o marketing com comerciais que motivam e inspiram, além da realização de corridas próprias para promover o esporte e o contato direto com o publico, criando a atmosfera positiva que ele proporciona.

Além das marcas esportivas, outros segmentos se beneficiaram do boom das corridas e fomentam o mercado tais como aplicativos para smartphone, produtos voltados à nutrição esportiva, publicações específicas, agências de eventos esportivos, equipamentos como frequencímetros, gps, entre outros.

Com o mercado aquecido e conquistando mais e mais adeptos, as corridas despontam como ação de marketing esportivo associando marcas a todos os benefícios que a atividade proporciona. Como o público, que abrange de crianças a idosos, as marcas patrocinadoras também são bastante democráticas, incluindo desde causas sociais, planos e área da saúde, instituições financeiras, seguros, marcas de higiene pessoal, enfim, associar a marca à corrida se torna interessante para os mais variados setores.

O público tem papel fundamental, pois ao compor a corrida, acaba por promover causas, instituições ou produtos – em uma corrida pelo câncer, por exemplo, os corredores estão todos engajados na causa. Papel que vai a além do evento em si, na medida em que os praticantes expõe a sua paixão pelo esporte compartilhando sua experiência nas redes sociais, utilizando os kits de corrida e divulgando as marcas envolvidas.

A corrida se destaca como ação de marketing esportivo, proporcionando interação em variados pontos de contato com o público, porém envolve custos altos, mesmo com taxas de inscrição um evento completo exige um investimento considerável, por isso em geral acontecem através de parcerias.

Se ela aparecer, não descarte a oportunidade de realizar uma corrida, como os participantes, sua marca vai se envolver nesta atividade estimulante que cria conexões e experiências únicas.

0

Caroline Trapp

Publicitária e sócia-proprietária na AnimA Estratégias em Relacionamento. Estuda comunicação, marketing e comportamento de consumo, vê no relacionamento o diferencial de marcas e negócios!

2 thoughts on “O Marketing para a corrida de rua e a corrida de rua para o Marketing

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *