É. Você entendeu certo. Nós não precisamos ter “mais conteúdo”. É bem aí que alguém pergunta: “Como assim, Luísa? Não é essa a lógica de tudo o que você veio falando por todos esse tempo?”. Sim e não. Mas mantenha isso em mente – ninguém precisa de “mais conteúdo”.

Ok, então do que precisamos? A resposta é simples: precisamos, sim, de mais estratégia, mais qualidade e mais preocupação com o que é feito. Nos últimos anos criou-se uma cultura que pode ser perigosa se não tivermos os devidos cuidados. A cultura do “vai lá e faz” é realmente fantástica. Entretanto, eu ousaria completar. Acredito que precisamos de uma cultura que pregue “pense, planeje e faça”.

Não nego que conquistamos algo incrível, a pró-atividade e a quantidade de coisas legais que vêm surgindo graças à cultura do “vai lá e faz”. Porém (sempre existe um porém), isso acaba por criar uma geração que não planeja, que não vê prazos médios e longos, e pior ainda: não enxerga processos e coisas importantes para o andamento dos projetos.

Imagine uma equipe de conteúdo de uma agência ou o responsável pelo conteúdo dentro de uma empresa. Essa pessoa tem uma grande responsabilidade nas mãos. Vamos supor que essa pessoa escreva posts para redes sociais, fazendo links para o blog da marca em questão. Se essa pessoa resolve adotar o “vai lá e faz” sem fazer qualquer reflexão, o resultado pode ser bastante preocupante. O perigo está em produzir coisas que nada têm a ver com a proposta da marca e a identidade dela como um todo.

Outra razão pela qual nós não precisamos ter “mais” conteúdo está ligada ao fato, que de maneira geral, nós – profissionais de marketing – não estamos entregando conteúdos que tenham foco e objetivos determinados. Por que deveríamos continuar fazendo isso?

Entregar coisas rasas, produzidas sem cuidado ou planejamento pode ser qualquer coisa, menos fazer marketing de conteúdo ou qualquer outro nome que pretendam dar a isso. A grande verdade nisso tudo é: precisamos planejar melhor nossas ações para entregarmos qualidade.

Pense nisso e reveja alguns impulsos.

banner clique
The following two tabs change content below.
Jornalista, especialista em Marketing e Novas Tecnologias em Jornalismo, anda pela internet desde os idos de 1997, quando os modens ainda “cantavam” na hora de conectar. O que realmente prende a sua atenção é o conteúdo e as suas estratégias.

Latest posts by Luisa Barwinski (see all)