Esqueça a história do “de repente”. “De repente o fulano ficou rico”, “de repente aquele cara se tornou referência”, “de repente ela já estava dominando o mercado”. Um dos empreendedores brasileiros mais entusiasmados que conheço disse certa vez que “golpes de sorte são recompensas para quem se empenha” (Alexandre Costa, fundador da Cacau Show).

Nunca pare de aprender

Quanto mais você aprender coisas novas e novas estratégias, mais você terá confiança para buscar resultados, correr riscos e compartilhar ideias e quanto mais você fizer isso, mais você estará potencializando seus resultados.

E não importa se você está começando ou se é um expert no que faz. Sempre haverá um mundo de coisas para você descobrir, se conectar e explorar. Leia mais livros, converse mais com as pessoas à sua volta (ouça-as, principalmente), busque novas formas de fazer o que você faz, explore conhecimentos diferentes e principalmente, aperfeiçoe-se para aprender cada vez mais com suas experiências – esta última, sem dúvida, é a melhor de todas as habilidades que você pode desenvolver.

Persistir é agir continuamente

Faça uma vez, insista e se realmente acredita na sua ideia faça de novo, continue buscando e se aperfeiçoando sistematicamente até que o resultado seja alcançado. Tomas Edson fez mais de nove mil experiências antes de efetivamente conseguir inventar a lâmpada. Ele que foi tido na escola como “burro demais para aprender qualquer coisa”, contribuiu para a sociedade com suas inúmeras invenções, como o microfone, o fonógrafo e o projetor de cinema. Sem essa persistência de Edson, talvez nossa vida fosse bem diferente hoje.

Imagina se Walt Disney tivesse desistido em um dos mais de 300 nãos que ele ganhou antes de transformar seu sonho em realidade? E se Henry Ford tivesse dado ouvido aos que disseram que o homem nunca substituiria cavalos por carros? Imagina se os garotos do Beatles tivessem desistido quando ouviram que sua música era ruim e que a guitarra elétrica estava com os dias contados? Toda e qualquer ideia grandiosa, um dia foi rejeitada. O que fez com que algumas delas se tornassem realidade foi a persistência de seus idealizadores. Não tenha dúvida de que essa capacidade de aguentar um pouco mais, de se desafiar mais, de fazer acontecer faz toda a diferença. As coisas só acontecem de fato quando botamos a mão na massa todos os dias, quando agimos continuamente para alcançarmos nossos objetivos, independente do que nos aconteça.

Dê chances às oportunidades

Use o que acontece à sua volta a seu favor. Você pode não enxergar, mas todos os dias uma série de oportunidades acontecem aí, bem onde você está. Mas você precisa estar pronto para aproveitá-las.

Invista nos seus cinco sentidos que já te beneficiaram tantas vezes para que você alcançasse os resultados que tem hoje – e que podem te favorecer cada vez mais. É através deles que você percebe o que acontece à sua volta e quanto mais você apurar os seus sentidos, melhor eles trabalharão para que as oportunidades possam ser absorvidas e multiplicadas.

Pare de reclamar do fulano que conseguiu aquela promoção no seu lugar, do trânsito que te pegou bem na hora daquela reunião ou do cliente que não sabe o que quer. As coisas nem sempre acontecem como você gostaria e você precisa aprender a lidar com elas. Reclamar só vai dramatizar as coisas e, sem dúvida, não vai mudar o problema. Traga mais ação para o seu dia a dia e passe a se perguntar o que você pode fazer com o que lhe acontece. Este simples ato pode contribuir para que você reveja seus comportamentos, adquira novas habilidades e potencialize suas ideias infinitamente. Pensar em gerar soluções é muito mais prático e efetivo e trará muito mais resultado em sua vida.

 

banner clique
The following two tabs change content below.

José de Assis

Consultor de comunicação e endomarketing, tem como motivação diária superar desafios. Apaixonado por pessoas, música e pelo Atlético Mineiro, acredita na geração de ideias como o maior instrumento transformador de uma sociedade.