Uma das maiores dificuldades encontradas por empreendedores é encontrar as pessoas certas para formar sua equipe e levar sua empresa ao crescimento. Enquanto muitos acreditam que o ideal é contratar funcionários e prestadores de serviço que tenham o mesmo perfil que o empreendedor, nem sempre esta estratégia pode trazer os melhores resultados para o seu negócio.

Antes de tudo, é necessário estabelecer um conceito: os negócios de hoje são feitos de GENTE. Ponto. Gente dos dois lados: clientes e colaboradores. Este conceito deve ser absorvido em todas as suas nuances e implicações no ambiente do negócio. Para fazer de sua empresa um negócio sustentável, é preciso haver a conjunção de trabalho e pessoas, times coesos resolvendo problemas. Entretanto, se o negócio é formado por pessoas, que tipo de pessoas devo contratar para trabalhar na minha empresa? Ou, formulando melhor: que COMPETÊNCIAS devem ter as pessoas que trabalham comigo?

Como não deve ser difícil de imaginar, escolher as competências e pessoas certas para o time que vai criar ou desenvolver um negócio não é trivial, muitos pesquisadores e estudiosos afirmam que esta é a parte mais crítica de todo o negócio. E naturalmente surge a primeira tentação: contratar pessoas que sejam parecidas com você, afinal, lidar com ideias e opiniões divergentes pode ser uma dor de cabeça. Este pensamento não está errado, um time com todo mundo alinhado a partir da mesma formação acadêmica, com as mesmas expectativas, conhecimentos e ideias é muito mais fácil de ser gerenciado, mesmo que faça tudo errado.

E é exatamente este o ponto crítico da escolha. Se você quer inovar e crescer em ritmo acima do seu mercado, você precisa de diversidade de competências. E quais seriam essas competências?

Primeiro, há as pessoas que entendem primordialmente de gente, do comportamento de outras pessoas; segundo, há as pessoas de negócios, que sabem como funcionam as organizações, métodos e processos; e por último, os especialistas em tecnologia conhecem as melhores ferramentas e meios para atingir resultados. Todos os projetos de sucesso possuem uma ou várias equipes com pessoas especialistas em um das áreas mencionadas: gente, negócios e tecnologia. E a equipe, o conjunto, possui as três competências bem desenvolvidas.

Mas não se engane: as diferenças culturais, de formação, processos e métodos, de visão de mundo, se não forem apropriadamente administradas, vão resultar em conflitos, suspeitas e desentendimentos que podem pôr o negócio a perder. O grande aprendizado de um negócio é equilibrar estas diferenças a partir de objetivos compartilhados por todos, praticamente o tempo todo.

Pense nessa ideia.

banner clique
The following two tabs change content below.

Sued Lima

Especialista em Operações de Negócios at Accenture
Graduado em Administração pela Universidade Federal de Pernambuco, atuou nas áreas de Treinamento e Desenvolvimento de Pessoas, Marketing, Vendas, Desenvolvimento de Software e Gestão de Projetos e Pessoas em empresas de diversos ramos e tamanhos. Apaixonado por empreendedorismo, inovação, startups e gestão empresarial. Tem como missão ajudar o máximo de pessoas possível e construir uma poderosa rede de transformação social, mercadológica e econômica.