Lembranças de momentos felizes. Uma recordação de relacionamentos passados e marcantes. Saudade de uma época que não volta mais… Mas, em alguns casos, essas lembranças podem vir a eclodir em nossas memórias nos dias de hoje. Há momentos de nossos automáticos dias que simplesmente nos vêm à tona envolventes reminiscências que não fazemos ideia do porquê deste acontecimento, mas sempre lhe atribuímos sua real consequência a algum fato, objeto ou significância, como, por exemplo, dizer que o refrigerante Itubaína tem gosto de infância. Este é um exemplo particular meu e não quer dizer que o tal refrigerante é o meu favorito, mas tenho certeza que você também possui algum elemento reminiscente na sua vida.

É natural do ser humano guardar ou procurar certos objetos que, peculiarmente a cada um transporte em si uma lembrança importante. E memória é uma das coisas mais importantes que temos. Na nossa memória, guardamos as pessoas de quem gostamos. Na memória, carregamos nossas bagagens culturais e experiências de vida. Na memória, trazemos a construção de nosso ser.

E como se esquecer dessa capacidade tão importante de guardar e resgatar momentos e despertar sentimentos? A nostalgia possui um grande valor, e as marcas parecem estar atentas a esse fato.

O que vemos nos dias atuais? Muito – mas muitos mesmo – rótulos, embalagens e campanhas onde, de algum modo, esteja presente oretromarketing retromarketing, utilizando-se do estilo retrô. Creio eu que o retrô nunca esteve tão na moda. Realmente essa coisa de retrô possui a sua beleza e elegância, mas não é só isso, os elementos subliminares que carregam e que são responsáveis pelo avivar da nostalgia de nosso inconsciente.

Será falta de criatividade das marcas que apelam ao passado? As marcas não têm nada de novo para nos oferecer? Ou será que o velho é o novo atual? Poderá ser ainda que, tais marcas tiveram o feeling para perceber que as pessoas estão cansadas desse bombardeio de mensagens que agridem a nossa inteligência.

De qualquer modo, é sempre bom resgatar aquele bom momento e se pegar sorrindo com suas lembranças, seja tomando um refrigerante, seja lendo um livro, ou ouvindo um jingle clássico da propaganda. Afinal, as marcas estão reavivando os nossos cristalizados momentos nostálgicos.


Marcos-Holanda

 

banner clique
The following two tabs change content below.

Marcos Holanda

Curioso. Inconstante. Inconformado. Seria interessante me conhecer um pouco mais pelos meus textos, eles representam parte de mim. Então, boa leitura!