Uma vez me pediram para definir MARCA em poucas palavras. Minha resposta foi: 1 – “promessa” e 2 – “emoção”Marca é uma “promessa” que você dá a seus clientes e, uma “emoção” que é compartilhada entre os usuários do produto/serviço.

Existem duas fases principais que levam à criação de “evangelistas da marca”, o mais alto nível de relacionamento entre a sua marca e os clientes: adoção (produto/serviço tornou-se parte regular da vida do seu cliente) e advocacia (gerando prospects e novos clientes).

Marcas criam mensagens curtas que os clientes reconhecem. Em um ambiente cheio de comunicação, as marcas precisam, com mensagens consistentes, se destacarem da concorrência. Muitas vezes estão estreitamente interligadas com a estratégia de marketing e são intangíveis promessas se fazendo tangíveis por meio de sinais reconhecíveis.

Os elementos de marca podem ser agrupados em:

Intangíveis: se relacionam com a promessa específica , personalidade, posicionamento e emoção.
Tangíveis: são símbolos de identificação, tais como logotipos, gráficos, cores e sons, músicas, jingles e voz.

As marcas asseguram aos clientes sobre desempenho e garantem confiança consistente, criando laços emocionais ao invés de laços racionais. São uma promessa entre o produto/serviço e o cliente que contém garantia implícita de qualidade em cada encontro com a organização. Marcas são a experiência total do seu produto ou serviço!

3 elementos importantes de uma marca

Do ponto de vista dos consumidores, as marcas contêm três elementos importantes que criam valor percebido:

Personalidade – Coletivamente, as diferentes facetas de uma marca atribuem uma personalidade que é maior do que a soma dos elementos separados, proporcionando destaque à ela.

Histórias – Cada marca, assim como as pessoas, tem a sua própria história e que está estreitamente interligada com a percepção do público. Nunca subestime a importância dessa história, afinal, pessoas estão acostumadas a ouvir histórias.

Consistência – Familiaridade com as marcas geram aos clientes uma sensação aconchegante. Os clientes sabem o que eles estão obtendo. Enquanto as marcas têm um preço, esta confiança é o que os consumidores estão pagando.

5 fatores que tornam as marcas importante

Embora a construção de marcas a longo prazo leve tempo e investimento, estas trazem uma série de vantagens à organização.

  • Marcas aumentam as vendas e/ou atingem outro objetivo similar;
  • Marcas agregam valor maior além de um produto ou serviço genérico. Ainda mais importante, as marcas atribuem valor às organizações que se traduzem em valores de estoque mais elevados;
  • Marcas fornecem taquigrafia que representa apego emocional dos clientes para o produto e/ou serviço;
  • Marcas estão ligadas e interligadas com uma empresa ou com a história da organização;
  • As marcas podem ser aplicadas em toda a organização, criando um gancho para que os consumidores se lembram desta.

Onde começar a criar uma estratégia de marca e por onde começar a construí-la?

Uma marca requer mais do que um logotipo bem feito. É sobre a história e personalidade que a sua empresa traz para ao mercado. Para auxiliar o desenvolvimento de marca, é importante averiguar as respostas para algumas perguntas:

1. O que o seu produto ou empresa faz? Quais são as especialidades ou nichos da sua organização?

2. Como você fornece seus produtos ou serviços? Considere se há algo especial, incomum ou significativo sobre a maneira de fazer negócios.

3. Qual é mercado-alvo(s) do seu serviço/empresa? Quem é seu público e por quê?

4. O que os clientes querem ou esperam de sua organização? Quais os benefícios que os clientes derivam de sua empresa?

5. O que a concorrência faz? Quais são os pontos fortes e fracos dos concorrentes de sua organização? Lembre-se que é fundamental pensar a partir do ponto de vista de seus clientes.

6. Como sua empresa se ​​destaca? O que torna a sua empresa especial?

7. Qual é a sua marca ou nome da empresa? Quais são as associações que os clientes têm com isso? Elas são positivas ou negativas? Como você pode melhorá-las?

8. Quais são os sinais visuais da sua marca? Como é que o público percebe isso?

9. Que língua/voz/áudio estão associados com a sua marca e/ou organização? Isso soa de forma humanizada?

10. Quais as cores que estão conectadas com a sua marca? Quais imagens que estas refletem?

11. Que imagens são associadas com a sua marca ou empresa?

12. Como o texto é apresentado? Que tipografia é usada? Que tipo de palavras? Como é que está relacionado com a sua marca?

As marcas são um elemento crítico no mix de marketing. Elas entregam um nível de consistência e conhecimento que vai muito além de um logotipo.

Marcella-Gielfi