Um mantra da atual revolução mobile é pensar mobile. E de um ano pra cá, é possível perceber uma certa ‘mudança’ de cenário, onde as empresas estão amadurecendo e entendendo a importância desse mercado.

Mas, muitos empresários ainda tem um certo “preconceito” quando se fala em estratégias mobile. Pensam que mobile é aplicativo, mobile é SMS. Claro, existem sim estratégias mobile voltadas tanto para aplicativos quanto para SMS, mas mobile vai muito além disso.

O QR-Code remete bem o “mundo de possibilidades” do qual estou falando. Existem diversos direcionamentos possíveis através dele. Além da facilidade em gerar esses códigos (existem diversos sites onde é possível gerá-los em poucos passos, e melhor ainda, de forma gratuita), existem muitas alternativas. É possível direcionar para um site, um texto, um telefone, uma mensagem sms, e-mail, detalhes de um contato, link para algum aplicativo e gifts de desconto e até localização no Google Maps. E ai, com todas essas possibilidades, é hora de usar a criatividade e não deixar de testá-los.

Na hora de testar, lembre-se de fazer em mais de um leitor para ter certeza que o QR-Code está legível, decidir em qual local ele ficará mais atrativo e visível, e procurar uma recompensa interessante para o cliente, para além de alavancar a audiência da ação, deixá-lo satisfeito. Com certeza a criatividade e a interatividade são elementos-chave para o sucesso das ações.

Para vocês se inspirarem, não poderia deixar de citar alguns cases de sucesso.

Além do já conhecido case da TESCO, o E-Mart (WalMart da Coréia do Sul) inovou ao colocar um QR-Code que só funcionava no período das 12h às 13h, período onde as vendas caíam significativamente. O mais curioso é que ele só ficava visível quando o sol se posicionava em determinado lugar, formando uma sombra. O código disponibiliza um desconto em uma página especial, e as compras que nesse horário normalmente eram fracas, tiveram um aumento considerável. Veja o vídeo:

Uma ação desenvolvida pela Code d’Urgence, permite que o QR-Code grave informações para o caso de acidentes, do tipo peso, altura, tipo sanguíneo e pode ser sincronizada com Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU). Entenda mais no vídeo:

Um shopping espanhol também inovou para incentivar as clientes a fazerem compras e levantar a autoestima delas. A sacola interativa tinha um QR-Code em frente a boca do modelo, quando era ativado, o rapaz lançava cantadas, levando a autoestima delas lá pra cima.

Outra ação bem criativa, foi o que uma loja de artigos no Chile fez. Utilizou o QR-Code pra “esquentar” o ponto de ônibus de uma forma diferente


Criatividade, interatividade, recompensa e inovação. Não se esqueça desses itens ao pensar mobile!

Ah! E para conhecer mais uns cases bacanas com QR-Code, visite: http://www.scoop.it/t/qrcoded

QUERO RECEBER NOVOS ARTIGOS POR E-MAIL

Arthur De Castro

banner clique
The following two tabs change content below.

Arthur Castro

Respira Mobile e inovação. Sempre conectado com algum iGadget, é exemplo vivo dessa geração "alguma letra". Além de escrever aqui e em outros blogs, é palestrante e passa os dias criando apps.