“A confiança – ou a falta dela – está na raiz do sucesso ou do fracasso dos relacionamentos, bem como nos resultados finais dos negócios, da indústria, da educação e do governo”. – Stephen Covey

A confiança é a base da vida, do amor e de qualquer relacionamento. É o fator mais importante na construção de uma network (relacionamentos profissionais), na construção de amizades e relacionamentos amorosos. É a pedra fundamental de relações satisfatórias. Com a confiança depositada vem responsabilidade, previsibilidade e credibilidade, conforme afirma John Maxwell. Porém, nossos pais já nos preparam desde cedo a desconfiar de tudo e de todos até que se prove o contrário com a clássica: “não fale com estranhos”. Chega a ser um episódio contraditório, pois quando somos adultos precisamos enxergar o bem nas pessoas em primeiro lugar.

Quando falo de networking, reforço: dê valor primeiro, doe-se. Um exercício saudável para seu crescimento profissional é: Comece a confiar em você mesmo, depois confie nas pessoas e, assim, os outros confiarão em você.

networkingPensando em relacionamentos amorosos, minha base de estudos há certo tempo, percebi, por exemplo, que os namorados que tinham namoradas bonita, atraentes de certo modo, sentiam-se inseguros, como se todos os homens as desejassem, mesmo quando estavam com eles. A tal falta de segurança gerava “por quês” que desgastavam o namoro, quando o foco deveria ser a pessoa que estava ao seu lado e não o seu sentimento. Pode até soar uma atitude egoísta, mas a tal reflexão faz diferença. Assim, também ocorre no mundo dos negócios ditados pela regra “amigos, amigos, negócios à parte”, no qual o cenário está mudando para “amigos, amigos, negócios fazem parte”.

O trabalho em equipe e de forma entrosada é um desafio para as organizações como um todo e, a verdade é que muitas empresas exigem lealdade de seus empregados, mas não o fazem de modo recíproco.

Se desejares ter um relacionamento saudável em sua vida, faz-se necessário ter relacionamentos extraordinários. Pensar grande na vida com foco no sucesso profissional necessita de uma ligação através de relacionamentos e, sem confiança não teremos uma boa relação, desde com os nossos superiores até mesmo nossos subordinados. Porém Donald Trump, um dos maiores empresários do mundo, nos alerta que devemos saber onde pisamos.

Não declaro nesse texto que devemos confiar cegamente em qualquer pessoa que estiver à nossa frente, e sim quando ela depositar confiança o suficiente para se acreditar nela. Para isso, você deveria passar cerca de 50% do seu tempo preservando seus relacionamentos.

Quando paramos de procurar o mal nas pessoas e começamos a olhar o bem e o que elas podem nos agregar positivamente e que esteja de acordo com seu propósito de vida, podemos nos tornar mais felizes e confiantes até conosco mesmo.

Uma grande inspiração ao longo da minha vida é o mestre Mahatma Gandhi e, recorrendo à sua sabedoria, me deparo com sete pontos perigosos e destrutivos para a humanidade:

  • Riqueza sem trabalho – Nada vem fácil. O que vem fácil uma hora acaba fácil também;
  • Prazer sem consciência – Aproveitar o momento é ótimo, mas é bom avaliar os prós e contras antes de cada decisão;
  • Conhecimento sem caráter – Estamos inseridos na Era do Compartilhamento, onde “você é o que você compartilha”, porém precisamos ter caráter na construção de nosso conhecimento;
  • Comércio sem moralidade – Nossa sociedade é cada vez mais capitalista, visam somente o lucro e, muitas vezes, valores morais são deixados de lado;
  • Ciência sem compaixão -Enquanto estivermos pensando em avanços sem pensar no sofrimento das pessoas não encontraremos a felicidade plena;
  • Devoção sem sacrifício – Ninguém é capaz de realizar um sonho, alcançar uma meta sem realizar renúncias e fazer sacrifícios;
  • Política sem princípios – A vida tem um grande espelho em nosso caminho, onde nossos atos são refletidos, logo um líder que não tem princípios reflete um mal para o seu povo.

Já notaram como à medida que o tempo passa, nos tornamos mais próximos ou mais distantes de amigos da escola ou da faculdade? Procure sincronizar seus relacionamentos com pessoas que possuem os mesmos valores e ideias, pois são grandes as chances de firmarem relacionamentos significativos e produtivos e, pensem no velho ditado: Os desconhecidos são apenas amigos em potencial.

Bom networking! Estamos conectados!

QUERO RECEBER NOVOS ARTIGOS POR E-MAIL

 

 

banner clique