A usabilidade está intrinsecamente ligada ao design. Ela não apenas permite facilitar o uso da interface, como também melhorar a relação lojista/cliente. Com foco na usabilidade, muitos problemas poderão ser resolvidos facilitando a construção e mantendo uma relação de confiança e credibilidade com o usuário, fazendo com que não exista opção melhor do que o online em segurança, satisfação e comodidade. É importante lembrar que o usuário tem perfil dinâmico e prático e não “perderá tempo” tentando entender o sistema e, sim, partirá para outro negócio. O que deve ser feito é facilitar o serviço para exigir o mínimo de esforços.

Usando esta lógica, é imprescindível trabalhar a fundo tais quesitos:

Design

É importante projetar sua loja pensando nos seus clientes. Muitas vezes são utilizados mecanismos sofisticados, mas que não atendem ao usuário. É preciso facilitar para o consumidor tendo um atendimento completo e ágil ao mesmo tempo. É importante mostrar que o e-commerce é rápido para os que acabaram de conhecer, como uma boa “primeira-impressão”, mas tão importante quanto isto, é mostrar para o cliente que já está habituado que ele pode ser ainda mais produtivo.

Fazer testes de usabilidade

Os testes possibilitam perceber erros, corrigi-los e testar novamente.

Experiência

Para que a encontrabilidade seja mútua, ou seja, a qualidade da interação entre o usuário e a interface seja positiva para ambos os lados, é preciso fazer com que o cliente confie em sua marca. A combinação da usabilidade, design criativo, texto, psicologia e métrica, e uma marca forte, irá proporcionar uma nova experiência a seu cliente e, assim, ele aprenderá a confiar em você. O cliente chega a esquecer de “usar” e passa a explorar e agir naturalmente em sua página, sem esforços.

Detalhes

Deve se investir tempo em detalhes que sejam “user friendly” (amigos do usuário). Impedir que o usuário compre sem que tenha escolhido o tamanho ou cor do produto, por exemplo, é estar a favor do cliente. Dar o máximo de detalhes do produto, mostrá-lo em diversos ângulos, ter zoom e mostrá-lo em outras cores também ajuda a evitar uma insatisfação pós venda, pois o esclarecimento sobre o produto será grande.

Outros detalhes:

– Filtrar buscas;

– Quando o produto estiver esgotado, ofereça a opção de aviso quando voltar ao estoque;

– Ofereça facilidades no pagamento, assim como lembrar o cliente de que sua loja é segura;

– Coloque em apenas uma página os passos para a finalização da compra, deixando-os em ordem;

– Escreva mensagens que sejam facilmente entendidas.

Também podemos denominar a usabilidade como “User Experience (UX)”, que une os objetivos do negócio, as necessidades do usuário, conteúdo, design e comportamento e, nada mais é do que os sentimentos do cliente após usar sua página. Desta forma, suprir as expectativas do usuário é o início para uma boa usabilidade.

“Dê a eles uma conveniente, intuitiva e aproveitável experiência e eles comprarão” – Webinar Something Digital.

 Fonte: Something Digital- slide share e Ux design.smashingmagazine.com


QUERO RECEBER NOVOS ARTIGOS POR E-MAIL
Jussara Coutinho

banner clique
The following two tabs change content below.

Jussara Coutinho

Jornalista com experiência em e-commerce e mídias digitais. Adora falar sobre comportamento e encontrar pessoas que discordem dela com bons argumentos.

Latest posts by Jussara Coutinho (see all)