…todo amor exige um tempo dedicado somente a ele. Se esse amor é seu trabalho, ainda mais. Portanto, não poupe um tempo a mais, madrugadas, finais de semana, feriados. Esse tempo servirá para fazer o planejamento: focar o que se pretende, quais os objetivos  a curto, médio e longo prazo…

Sou adepta há algum tempo da ideia de trabalhar com paixão pelo que se faz. Aliás, desde que descobri o quanto estar apaixonada por uma ideia e colocá-la em prática pode ser gratificante.

Mas trabalhar com o que você ama requer algumas habilidades que vão além do trabalho e além do amor. A primeira é descobrir: o que eu realmente gosto de fazer? A segunda: eu consigo sobreviver com isso?

Fazer o que realmente se gosta lhe dá a vantagem de trabalhar mais (as vezes muito mais) naquilo, com mais foco. E isso por si só, já faz com que as chances do trabalho sair melhor, e mais rentável, aumentem consideravelmente.

Mas nem sempre é assim, pois muitas variáveis podem influenciar negativamente.  Sua ideia pode precisar de um investimento financeiro inicial, sua paixão pode ser por algo a um mercado muito restrito, ou o mercado que você atua pode não favorecer. Ou ainda… apenas gostar de algo não faz de você bom naquilo.

Então, algumas dicas podem ajudá-lo e aproximar o que muitos chamam disso que muitos acham que é sonho e utópico.

  • Investimento: se a sua ideia será seguir carreira solo, abrir uma empresa ou trabalhar numa grande coorporação, saiba que você precisará investir de um jeito ou de outro. Em cursos na área (falaremos mais no próximo tópico), e investimentos em equipamentos ou matéria prima. Alguns bancos oferecem incentivos para quem está começando, mas nem sempre optar por empréstimos pode ser uma boa ideia. Uma dica é conseguir uma reserva (com um trabalho temporário?) investir o mínimo necessário inicialmente, e conseguir algum cliente. Com isso, além de portfólio e experiência, o investimento virá aos poucos do próprio negócio.
  • Tempo: todo amor exige um tempo dedicado somente a ele. Se esse amor é seu trabalho, ainda mais. Portanto, não poupe um tempo a mais, madrugadas, finais de semana, feriados. Esse tempo servirá para fazer o planejamento: focar o que se pretende, quais os objetivos  curto, médio e longo prazo… E para adquirir mais conhecimento; se fazer um curso foge ao seu orçamento, pesquise, leia, e se possível, fique sempre por perto de quem tem o conhecimento na área. Participar de fóruns na web ou até um estágio não remunerado vale ser considerado.
  • Networking: se conhece pessoas na área pretendida, não tema ser chato. Fique perto dessas pessoas, ofereça ajuda, participe de grupos de interesse. Um bom curso na área pode te trazer além de conhecimento pretendido, mas contato com os alunos e professores pode levá-lo mais rápido onde se quer chegar. E não tema expor seu projeto. Quem sabe não está falando com A pessoa que poderá fazê-lo chegar lá?!
  • Foco: uma vez que está claro para você o que quer, o que faz seu coração bater mais forte, não perca o foco. Você precisa ter paciência, por exemplo, se não está ao seu alcance nesse momento. Mas saber o que se pretende, faz até com que seu trabalho atual fique mais interessante. Sabendo o que é necessário para chegar lá, é só uma questão de tempo. E persistência… se já iniciou o trabalho, mas as coisas não caminham exatamente como planeja, reveja o caminho, inove, mas seja persistente. Inspire-se nos grandes e veja o caminho deles, isso pode motivá-lo.

Não posso dizer que com esses ingredientes o sucesso é garantido. Mas partilho essas ideias reunindo experiências que aprendi além de cursos e livros, mas de experiências de pessoas próximas, que passam por startups de aplicativos para facebook, fábrica própria de bolachas artesanais, promotores de eventos, e agência de inovação – nessa caso, dessa que vos fala, uma apaixonada pelo que faz.

Para ver: Uma história de quem conseguiu, sempre inspira. E olha que o desafio era ser Papai Noel oficial!

Para ver (02): se não viu, vale dar uma olhada nesse vídeo feito pela BOX 1824, resultado de uma pesquisa sobre a geração que quer trabalhar no que ama:

Receber novos artigos por e-mail!

 

Diretora de Planejamento da i9 Comunicação e Inovação, co-founder da co-Event.co, atuou como Account Manager da YDreams Brasil. Colunista do blog Ideia de Marketing, co-organizadora do TEDxPortoAlegre, TEDxCuritiba e Startup Weekend no Paraná. Em constante estudo/prática nas áreas de planejamento criativo, gestão do conhecimento, empreendedorismo e inovação.