O propósito do branding é gerenciar marcas que criem envolvimento, paixão, emoção. Trazer o consumidor para próximo da marca, criar um relacionamento entre os dois, manter uma amizade, uma parceria.

E uma das vertentes do Branding se chama brand sense.

O brand sense defende a construção e gestão da marca baseado nos cinco sentidos: Visão e Audição, os mais comuns e usados pelo mercado, além do Tato, Paladar e Olfato. Trabalhar com todas essas sensações, criando um envolvimento emocional e direto com seu público, ainda é um desafio para a maioria das empresas.

Estas sensações fazem com que o público entenda uma marca, mantendo uma identificação com ela.

Audição

Os sons não desgrudam da cabeça! Separei aqui duas grandes e inconfundíveis marcas que usam esta sensação. A primeira, com certeza, é a mais conhecida, por mais que a segunda gaste muito mais com publicidade e marketing. Com elas, podemos perceber o tão importante pode tornar-se simples som. Ao ouvi-los, diversas sensações e lembranças são ativadas, como uma música que lembra de um grande amor ou de um inesquecível momento.

Impossível não reconhecer o canto de uma pássaro, não? Que tal fazer isso com sua marca?

Visão

Disparado, é o mais usado na comunicação. Somos bombardeados de informações visuais durante o dia, a maioria delas incoerentes. É claro que um bom design contribui muito para ativar de forma positiva este sentido. Como exemplo, não posso deixar de citar uma das identidades mais fortes, ao meu ver, do mercado atual: Itaú.

É fácil reconhecer uma propaganda mesmo antes de aparecer a marca. Isso porque, sua identidade foi bem trabalhada e consolidada, ganhando fácil associação.

Uma marca e identidade forte são essenciais para qualquer trabalho de branding (em qualquer negócio).

Olfato

Acredito que poucos reconheçam o olfato como uma estratégia de marca. Devemos levar em conta como os odores e aromas interferem em nossa vida. Já pensou em como é marcante aquele cheirinho do bolo que apenas sua vó faz? Vou exemplificar com um dos maiores cases neste tópico. Tanto que na primeira vez que senti este cheiro, em um Shopping de São Paulo, estava bem longe da loja e o aroma me guiou até entrar e perceber a importância disto para uma marca. Já sabe de quem estou falando?

Inconfundível, não é mesmo?

Tato

Principalmente usado no design de produto é também importantíssimo para diferenciar embalagens. Os leves produtos da Apple que são tecnologicamente muito avançados mas com espessuras e pesos que são um diferencial, agregando valor ao consumidor. E hoje, com produtos com benefícios tão semelhantes, as embalagens se tornam grande forma de persuasão e diferenciação.

Além disso, materiais de comunicação (gráficos, principalmente) são rapidamente associados ao tamanho e qualidade da própria marca em questão, apenas com o toque, sentindo texturas e espessuras.

Paladar

Esta pode ser uma estratégia que agrega valor aos negócios. Gerar experiências com este sentido, como entregar junto ao produto uma caixa de chocolates, faz com que o universo da marca em mostrar uma identidade se fortaleça.

Apenas tome cuidado para que isso não seja uma forma de agradar por agradar.

Os sentidos como estratégias identificam uma marca, mas agregue valor ao seu negócio com pequenas ações de brand sense e já notará diferença.

Não sabe por onde começar?

Então veja algumas dicas: adote músicas adequadas ao ambiente, evite layouts poluídos, ofereça ao cliente cafés e guloseimas,  deixe produtos ao alcance dos consumidores e use essências que personalizam um ambiente. Expresse através de sua marca e faça com que seu consumidor a identifique facilmente.

 

banner clique
The following two tabs change content below.
Acredita que somente pessoas são fator de mudança. Fundador e Gestor do Ideia de Marketing, é consultor em marketing e branding.